SETE DICAS PARA ENCONTRAR O COWORKING IDEAL

 

e79273b9-44bc-4559-9fb5-67e2fb3e1ed1

Só o estado de São Paulo conta com mais de 200 espaços de coworking. O movimento colaborativo dentro do eixo profissional tem ganhado cada vez mais força e devido a diversidade do público-alvo, existem espaços para todos os tipos de perfis.

Contudo, é importante escolher um espaço de trabalho com uma certa cautela. Optar por um espaço de coworking que não se adeque ao perfil pessoal pode atrapalhar ou até mesmo prejudicar o rendimento no trabalho, tornando toda a experiência desagradável.

“O autoconhecimento na hora de escolher um espaço é fundamental”, explica Andre Ynouye, criador do Deskify. Ele conta que a plataforma de busca e reserva online de coworkings dá mais liberdade e confiança ao usuário que está preocupado em achar um bom espaço.

Pensando em quem já começou a busca pelo local de trabalho ideal, trouxemos uma lista dos itens fundamentais a serem avaliados antes da reserva:

1). Faça uma análise pessoal
É muito importante reconhecer quais são suas necessidades, definir objetivos e prioridades. Pense na dinâmica do seu trabalho e no que você acredita ser indispensável e também o que seria intolerável. Um lugar barulhento poderia te atrapalhar? Prefere ambientes mais coorporativos?

2). Pense na localização
Uma boa localização é fundamental. Ninguém quer perder três horas diárias no trânsito, não é? Verifique também os arredores do espaço. Conta com bancos? Possui restaurantes? É uma área segura? Olhando algum mapa online você já consegue saber quais estabelecimentos aquela região possui.

2). Repare na Infraestrutura
A decoração pode ser incrível, mas lembre-se que design não quer dizer conforto. Observe a divisão das estações de trabalho, a iluminação, o conforto das cadeiras, onde há tomada, se há uma boa ventilação e outros fatores que podem se tornar um problema com o tempo. Não esqueça de verificar a limpeza!

5). Comunicação
Sempre que possível, teste a comunicação do espaço. Converse com outros usuários para saber sobre a velocidade da internet e também sobre o sinal de telefone. Também tire todas suas dúvidas relacionadas a política de cobrança de ligações para evitar imprevistos.

6). Segurança
Você provavelmente vai passar a maior parte do seu dia nesse espaço, além disso, vai estar com objetos de valor como o notebook, o celular e outros. Portanto, certifique-se de que o espaço conta com um bom sistema de segurança, como controle de entrada e câmeras.

7). Preço
Lembre-se de que em um coworking, você paga por muito mais do que apenas um aluguel de sala ou mesa. Conheça bem os pacotes disponíveis e o que exatamente está incluso em cada um. Sempre tire suas dúvidas!

Por algum motivo não consegue visitar o espaço? Não tem problema!
Uma boa alternativa nesse caso é fazer uma análise pela internet. Andre conta que na plataforma do Deskify o usuário pode buscar o espaço pelas comodidades que o interessam e ainda avaliar o coworking, “Antes do coworking entrar na plataforma, nós já fazemos uma avaliação, mas acreditamos que é muito importante o usuário ver a opinião de outras pessoas que utilizaram aquele serviço.”

Sendo pela plataforma, por email ou até mesmo por telefone, o ideal é que o usuário tire todas suas dúvidas.

Não há nenhuma regra na busca pelo coworking ideal, mas também não há segredo. Tudo depende do gosto pessoal de cada um. “De designer a advogado, a única regra para ser um coworker é ter em si o espírito de colaboração!”, finaliza, Andre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *